A minha meta pessoal!

sábado, 16 de dezembro de 2006

Espírito Natalicio

Olá, cá estou de volta de uma noitinha de trabalho, com a respectiva recuperação...e hoje, está outra à minha espera...bahhhhh
Esta noite emocionei-me, não só eu, mas todos os q estavamos, eram aí umas 2h entrou-nos um sr, na casa dos 50 com uma dor ciática, foi visto pelo médico, medicado e lá melhorou, teve alta por volta das 3h30, foi qd nos pediu se podia dormir ali, numa das nossas macas...claro q sim, podia (e pôde), já não era a primeira situação do género q nos acontecia e só diriamos q não se tivessemos maca disponível! Esmiuçando (nem sequer sei se isto se escreve) a história...mora em cascais, e foi, ha 4 meses trabalhar pr espanha, pr logroño, norte de espanha, trababalhou 3 meses na vindima e não lhe pagaram nem um tostão pelo trabalho, ora, se qd foi, foi pq precisava, a situação piorou mil vezes...ainda por cima a quase 1000km de casa! Foi então que, sem outra alternativa, pôs-se a caminho de casa,A PÉ!!! vinha ha 1 mês a andar, ainda arranjou umas boleias, mas de pouco adiantou...ha 2 dias q não comia e o unico q tinha eram 10 centimos no bolso! Ficamos de lagrimas nos olhos, pois claro...ele não pediu nada, nada, só se podia dormir ali...não lhe resolvemos o problema maior, mas pelo menos esta noite dormiu quentinho, de barriga cheia, ainda conseguimos, entre todos araanjar-lhe dinheiro pr apanhar transporte pr casa emandamos a comida q havia das ceias q o hospital nos dá! Havia outro problema...a receita...ia voltar a ter dores e não tinha dinheiro pr comprar os medicamentos!!! Resposta fácil, pensam vocês, davamos dos do hospital, mas não havia nada mais do q 4 comprimidos...então um anjinho tinha em casa medicação igual à q ele necessitava e, sem sequer pensar 2x, enquanto juntamos o dinheiro, deu um saltinho a casa e foi buscar o q tinha e deu-lhe...
Não sei se foi o espirito natalicio ou não (espero q não) mas estas situações deixam-me mesmo muito triste!
desculpem o testamento
beijinhos

11 comentários:

caralinda disse...

Olá!!
Que alegria ler o teu post....vinha falar do recadinho que me deixaste...olha eu vou tentar arranjar um beliche junto da comunidade quando regressar de férias porque não tive oportunidade antes....obrigada pela disponibilidade, mas acho que fizeste o mesmo que eu mas com um adulto numa situação diferente percebes???
Se todas nós fizermos um pouco e tu tens uma profissão de ajuda também sabes do que falo, tudo será mais fácil....e sabe tão bem não é??? beijinhos e boa semana

Luna disse...

Linda qdo leio estes posts assim de ajuda emociono-me sempre... sabes, e n te sintas culpada, se calhar não fizeram tudo, mas fizeram tudo aquilo que foi possivel para fazer uma pessoa feliz, e acredita que fizeram... o mundo seria mais feliz e digno se as pessoas com um pouco do que têm dessem aos que mais precisam, pq com carinhos desses , acredita que esse homem vos será eternamente grato!
Beijos minha linda e boa semana

Garfieldzita disse...

olá!!

é bom a disponibilidade de algumas pessoas em ajudar o proximo! e é triste ver cm há pessoas que gozam com a vida de outras pessoas.... trabalhar sem receber o ordenado! ainda para mais longe de casa... enfim.. nem sei de que me é que dá vontade de fazer... fico tao mas tao revoltada!!

linda parabens para voces que ajudaram o senhor!

bjokas

emlinha disse...

Olá, não conhecia o teu blogg, mas vou passar mais vezes tá, mtos beijinhos

Juanita disse...

olá,

é bom ver que existem pessoas que se preocupa com o próximo! a vossa atitude demostra isso mesmo...espirito de natal?! talvez sim, mas acima de tudo respeito pelo próximo e muito boa vontade...que é o que falta a tanta gente!!

desculpa não ter vindo na semana passada comentar mas o computador pifou!!

adorei a descrição da arvore de natal e do presepio..tão detalhado que quase que a vi!!

beijos e boa semana

Miss Slim disse...

Olá, estou cá pela 1ª vez e realmente uma pessoa, que faz o que fizes-te, é sem dúvida nenhuma uma pessoa Boa. Parabéns.
Gostei do que vi e vou voltar.
Beijo .

M em dieta ! disse...

Bem, mas isso parece subrereal que coisa, e então o homem tinha alguma espera dele em casa? São daquelas historias que parecem inacreditaveis que coisa, enfim. *

Mishi disse...

Olá querida!
Também eu já me emocionei e chorei com a tua história. Felizmente ainda há (poucas infelizmente) pessoas boas como vocês.
Tenho a certeza que vocês deram um novo rumo à vida da senhora, parabéns pela vossa linda atitude.

Muitos beijinhos cheios de emoção.

Bolota disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bolota disse...

Olá!
Desculpa, mas apaguei o cmt anterior sem querer...
Há situações que nos deixam assim... ainda por cima nesta quadra. Por mto que estejamos habituados a "ver de tudo" há sempre algo ou alguém que nos toca bem cá no fundo e nos deixa a pensar...
Fico feliz quw o sr tenha dormido quentinho e de barriga cheia. Para ele foi a noite de Natal...

Bjos:o)

turbolenta disse...

Certamente foi para ele uma prenda de Natal antecipada.
O pobrezinho sacrificou-se, ausentando-se do país, da família e amigos, para trabalhar gratuitamente e ainda por cima ter de fazer a viagem de retorno a pé.
É lamentável que haja patrões sem coração que apenas explorem os empregados.
Aliás eu acho que o mercado de trabalho está cada vez a explorar mais o humilde trabalhador, aquele que precisa mesmo de uns míseros patacos para sobreviver.
E eles apercebem-se da pobreza dessa gente, que aceita tudo numa tentativa de sobrevivência.E entram numa exploração cruel e desumana.
Infelizmente eles sabem que quem precisa nem tem dinheiro para lhes mover uma acção em tribunal.Muitas vezes nem se queixam sequer. Trabalham algum tempo e quando se apercebem que nada recebem, só tem uma alternativa: fugir dali. Foi o que ele fez.
E assim os patrões vão ficando felizes, com o serviço feito e sem nada gastarem
A vossa acção foi a que pessoas com coração faziam. Fazer bem sem olhar a quem- devia ser um lema a seguir por toda a gente. Porque ninguém diga que está bem.Ninguém sabe o dia de amanhã.
Sou contra a exploração do homem no mercado de trabalho.Nenhum dos meus colaboradores alguma vez se queixou de estar mal pago.Talvez por isso eles trabalhem de tão boa vontade.Sei que não pode haver bom trabalho sem compensação monetária compatível com o desempenho das funções que têm.
é MUITO TRISTE A HISTÓRIA que contaste.
pena é que ele não consiga arranjar um emprego para poder fazer uma vida normal, aquela que todos,por lei, temos direito

Boa semana
beijinhos
bom trabalho