A minha meta pessoal!

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Cirurgia Plástica



Há uma coisa que me lixa um bocado...
Por diversos motivos, não penso no assunto, mas, se pensasse numa eventual cirurgia plástica (e não penso, não porque ache que não precise, mas porque o trinómio risco/beneficio/preço não sei se compensaria), teria que a pagar integralmente do meu bolso, pelo menos se quisesse fazer as coisas como devem ser! Em contrapartida, se tivesse avançado para a colocação da banda gástrica, ou qualquer outra cirurgia bariátrica, as plastias necessárias para melhorar os estragos estariam incluídas no programa, ou seja, pagaria muito pouco (ou talvez até nada)!
Isto é injusto... ou sou eu quem está a ver "a coisa" mal?!!

11 comentários:

Marilyn disse...

Ou seja, há um prémio para quem opta por colocar a banda pelo SNS e esquecem-se de quem perde peso com dieta, exercicio e muito sacrifício (e que demora mais tempo a perder) ??

Papoila disse...

agora q penso nisso... bolas... it's an injustice, it is! (calimero strikes again :))

mas se a pessoa fez dieta, perdeu dezenas de kilos... o médico q a acompanhou deveria poder referenciar essas pessoas para as plásticas, n era?

Peluchinha disse...

Olá Estela,

Na verdade, se necessitares de intervenção cirurgica de reconstrução após uma perda grande de peso, a tua médica de família pode passar-te a credencial de encaminhamento para a especialidade, pois, apesar de isso já estar incluído no processo de banda e bypass, pois só se fazem em perdas superiores a 40 kgs e nem todas as pessoas precisam, pelo que nem todas fazem, quem fica com "avental" ou "peles" depois de uma luta contra os quilos, seja por dieta ou de outro modo, tem direito às cirurgias.

Assim, caso precisasses, só tinhas de falar com a tua médica de família e pedir a credencial.

Espero que dê para perceber que afinal a injustiça não é assim tão grande, o desconhecimento é que é!

Beijokinhas doces e espero ter esclarecido...

Da gordura à formosura disse...

Por um lado é injusto. Mas por outro, de certeza que haveria muita gente a aproveitar-se disso.
Beijos

NARINHA disse...

Oi amiga,
Tambem penso assim, em certa parte eh injusto, mas com certeza a fila seria maior que a de reducao de estomago, pois muitos se aproveitariam, sem necessidade drastica, bjus, FIRME E FORTE SEMPRE!!!

Crazy Cat Lady disse...

Qual é o tempo médio de espera desses casos no SNS? sinceramente, com ou sem operação, não vejo que devesse ser o SNS a suportar esses custos (que são bastante elevados, mas que não sejam para a generalidade da população), quando os hospitais fazem cortes na farmácia - e não é em aspirinas, é em novos tratamentos para pessoas que vão morrer sem eles. Não estou a dizer que não devia haver cirurgia plástica no SNS, mas para danos auto infligidos (em último caso, quando a pessoa aceita a cirurgia, aceita os danos q ela possa fazer), não vejo como possa ser prioritário por alguém bonito.

Anónimo disse...

MHZ

Sei, pq ja vi, que nao precisas de ajuda nenhuma para isso. Nao existe nada no teu corpo que precise da "faca"...nem aventais, nem banhas...está tudo rijinho e bem colocadinho!
Ja gostavam muitas de ter o corpo tao tonificado como o teu!

aninha disse...

olá Estela!
eu já fiz algumas cirurgias esteticas e coloquei uma banda,mas tudo com no particular.conheço quem recorreu ao SNS e fez bypass ou colocou banda e esperou anos por isso,pq como tu sabes a espera é grande e segundo sei no fim de terem perdido os quilos em excesso,ainda esperam mais dois ou tres anos para tirar o avental da barriga ou diminuirem as mamas.pessoalmente eu era incapaz de esperar....mas a mim custa-me mto mais ver auxiliares de hospitais publicos a passarem á frente dos necessitados para fazerem cirurgias bariatricas ou mesmo as esteticas.então a nivel de esteticas sei de tantos casos.segundo um médico amigo agr esses casos já estão mais controlados...
aquilo que sei é que a mim,no centro de saude ninguém me dá importância nenhuma.eu já perdi quase 40 quilos,mas apesar de alguma flacidez não tenho peles caidas,por isso é mais facil e rapido recorrer ao privado novamente.


á uns tempos a minha filha ficou com mtas dores de garganta e mto rouca,nem conseguia comer.quando saiu do colegio ao fim do dia,levei-a ao hospital de st maria(e a miuda ia com a farda do colegio) onde a médica se virou para mim e disse"a sua filha anda num colegio destes e a sra vem para aqui?"então eu não tenho direito?não pago impostos como os outros??????

em tempos eu com uma infecção urinaria dirigi-me ao mesmo hospital e como na altura eu estudava e o meu pai é militar,apresentei o cartão que tinha da ADME.a funcionária virou-se para mim e sugeriu que eu fosse para o hospital militar...

achas isto normal?????

eu ja n sei o que está certo ou errado.aquilo que sei é que a mim ninguém me dá nada.
há mta coisa injusta....
bjs

MZ disse...

oi!

Pois, sei que é assim... e acho mal!

Sei também que não é o teu caso...
Mas, em casos de grande perda de peso, não será melhor o estado investir em cirurgias plásticas em vez de, mais tarde, gastar muito mais (durante anos)em consultas de psicologia (ou mesmo psiquiatria) e em montes de anti-depressivos e afins?

O problema é que neste país se vê tudo a curto prazo!

...E comenta-se, ou faz-se juízos de valor, esquecendo que a OMS (Organização Mundial de Saúde) define saúde (desde 1948) como um completo bem estar Físico, Mental, e Social e não apenas a ausência de doença!!

Fica Bem, bjs
MZ

Peluchinha disse...

Só para esclarecer um ponto: eu vou necessitar de cirurgia de reconstrução na barriga depois da cirurgia, mas não é por uma questão de estética ou de beleza...

É porque se não retirar o "avental", na dobra com que fiquei, além de ficar em carne viva com o calor e o suor, há a acumulação de bactérias que podem fazer com que se criem chagas nessas zonas.

NEM TODAS AS CIRURGIAS QUE SE FAZEM DEPOIS DE UMA PERDA EXCESSIVA DE PESO SÃO PARA "EMBELEZAR" A PESSOA! SÃO POR UMA QUESTÃO DE SAÚDE!!!

Podia fazer ao peito, ao rabo e afins, só porque sim, mas na barriga preciso pois só eu sei o que sofro quando transpiro e quando a dobra fica em ferida aberta e sangra sem ninguém lhe tocar...

E eu só perdi 30 kgs (faltam cerca de 10 ainda)... Imaginem quem perde 70 ou 80...

Pronto, era só para esclarecer este ponto, pois quem vos ouve acha que só se fazem estas cirurgias por vaidade, mas há mais gente como eu...

beijokinhas

Peluchinha disse...

Esqueci-me só de dizer que o avental não veio desta perda de peso... veio da recuperação da minha segunda gravidez e foi agravado pela 3ª e pelo excesso de peso...

beijokinhas